sábado, 5 de maio de 2012

Primeiras impressões # 3

Essa semana foi muito corrida e estou atrasada com o post mas não esqueci dele não! =)

Para quem ainda não conhece, na categoria "Primeiras impressões" eu falo das minhas expectativas, ou não, em relação a alguns livros, depois da leitura do primeiro capítulo da obra.
Se tiver interesse em ler o primeiro capítulo, é só clicar nas capas dos livros, já para maiores informações dos livros, é só clicar no nome da editora.

Livro: A Última Princesa
 
Autor: Fábio Yabu

Editora: Galera Record
 
Sinopse: 

Banida de seu lar por um feiticeiro, a Última Princesa de um reino encantado acabou esquecida pelo próprio povo e passa os dias sofrendo com as saudades da terra natal. Mas um novo mundo lhe é apresentado pelo misterioso inventor Alberto, que tem a pretensão de construir uma máquina mágica. Por meio dela a princesa poderá ter a chance de se libertar da maldição, se também for capaz de enfrentar seus medos.

Primeiras impressões:

O primeiro capítulo é leve e gostoso de se ler; nele você vai descobrir um pouco da história do jovem monarca que é pai da Última princesa. Adoro personagens que gostam de ler, me traz um sentimento de cumplicidade com o personagem; fiquei com vontade de ler o livro!

Livro: Os olhos amarelos dos Crocodilos
 
Autora: Katherine Pancol

Editora: Suma de Letras
 
Sinopse: 

Iris e Joséphine são irmãs com personalidade e estilo de vida completamente diferentes. Enquanto Iris é uma socialite, muito elegante e sofisticada, sem a menor preocupação com seus gastos, Joséphine é historiadora e leva uma vida bem mais modesta nos subúrbios de Paris. Os curiosos contrastes entre ambas já eram visíveis desde a infância.

Apesar da invejável condição financeira, Iris não é feliz. Seu casamento, em particular, é motivo de desgosto constante. A irmã não tem dúvidas de que ela e seu marido, Philippe Dubin, vivem presos a um regime de aparências. Já Joséphine, em meio às dívidas que sustenta, expulsa de casa o marido desempregado, que a traía com uma manicure.


Certo dia, em um jantar de alta classe, Iris inventa que é escritora. Para sustentar a mentira e criar uma nova imagem, pede ajuda a Joséphine: a irmã escreveria um livro, depois assinado por Iris, que lhe daria o dinheiro relativo à publicação. Recém-separada e cheia de dívidas, Joséphine aceita. Ao longo dos dois anos seguintes, a vida das duas irmãs vai mudar completamente em função desta decisão.

Com muitos diálogos e conflitos, as histórias que se seguem à farsa promovida pelas irmãs revelam a dificuldade em sustentar a mentira de ambas, em meio às demais histórias de suas famílias. Os olhos amarelos dos crocodilos exibe uma saga familiar que vai de Paris à África, apresenta vários personagens fascinantes e tenta responder a velha pergunta: afinal, o que determina o sucesso de alguém?


Primeiras impressões:

Devo confessar que tenho um ponto fraco: Capas! E a capa desse livro é maravilhosa!
Resolvi saber mais sobre a história com a leitura do primeiro capítulo e percebi que talvez esse seja um daqueles livros que demoram pra te conquistar mas que com o desenvolver da história acaba te conquistando.    

Livro: A Lista Negra
 
Autora: Jennifer Brown

Editora: Gutenberg
 
Sinopse: 

E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.

Primeiras impressões: 

 Começando pela sinopse, o livro parece muito intenso e profundo; Fiquei imaginando a situação e percebi que não é possível imaginar, por isso, fiquei com muita vontade de ler o livro e descobrir mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário