domingo, 6 de maio de 2012

Resenha: A doçura do mundo

Comprei esse livro quando foi lançado em 2008; só parei pra ler o livro agora, na minha meta de ler os livros guardados antes de comprar um novo! (Sim, é muito difícil!rs..)
Após a leitura eu me perguntei por que não havia lido esse livro antes!? =)

A doçura do mundo

Autora: Thrity Umrigar

Editora: Nova Fronteira

Sinopse:

Após perder seu marido, Tehmina Sethna está emocionalmente fragilizada. Por isso, ela decide aceitar o convite de seu filho, Sorab, para passar um tempo com ele em Ohio, nos Estados Unidos. Lá, Sorab, um homem de 38 anos que fugira da Índia para mudar de vida, se casou com Susan. Os dois tiveram um filho, Cavas, e vivem uma vida perfeita ao estilo americano. O que parecia ser um recomeço, porém, deixa Tehmina numa situação delicada. Sem conseguir se adaptar à cultura ocidental, Tehmina sofre com a rejeição de sua nora e se sente sozinha no mundo, mesmo quando Sorab a convida para morar com ele. Ela tem que escolher entre a nova vida e o retorno à cidade de Bombaim, que cada vez mais lhe desperta saudades. É aí que Tehmina, ao ajudar dois meninos que moram na casa ao lado e são maltratados e negligenciados pela mãe, rompe, sem querer, as barreiras entre as duas culturas.
Alternando as visões de Tehmina e de Sorab, A Doçura do Mundo é um romance rico, que celebra a família e a vida em comunidade. Neste novo livro, Thrity Umrigar prova mais uma vez por que é considerada uma das escritoras mais sensíveis da atualidade.



Resenha:

A personagem Tehmina Sethna perdeu seu marido, na cidade que sempre viveu e amou: Bombain; após o falecimento do marido, Tehmina foi levada pelo filho para os Estados Unidos, para passar um tempo com sua família até conseguir decidir o que quer fazer: Ficar com a família nos Estados Unidos ou voltar para sua cidade amada Bombain?

Sabe quando a leitura é doce e você se apaixona por um personagem? Me apaixonei pela personagem Tehmina e sua história; no livro você vai saber como ela conheceu o marido, como era sua vida em Bombain e vai perceber o choque cultural que ela sente na sua vida nos Estados Unidos.

É uma leitura gostosa que deixa uma "mensagem" para o leitor no final da leitura. 

O livro fala sobre relações familiares e choque de culturas.
Para se ler quando/se procura uma leitura tranqüila e gostosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário